Xml de tamanho grande

COMO IMPORTAR ARQUIVOS XML DE QUALQUER TAMANHO NO WORDPRESS

Se alguma vez você já precisou fazer a importação do seu conteúdo provavelmente já deve ter enfrentado problemas ao utilizar a ferramenta de importação oferecida pelo WordPress. Diversos problemas costumam acontecer como por exemplo a memória exausta, erro 503 e as vezes ele não apresenta nenhum erro mas quando você vai verificar o conteúdo ele não importou nada ou praticamente nada.

Já faz algum tempo que o importador do WordPress segue com esse problema e os usuários que mais sofrem são os que estão querendo migrar seu blog do WordPress.com para o WordPress.org. Neste artigo você vai aprender uma dica especial utilizada por mim para realizar a importação de arquivos XML de qualquer tamanho no WordPress sem quase nenhum problema. Lembrando que dependendo dos recursos da sua Empresa de Hospedagem até mesmo essa dica pode vir a falhar.

ÍNDICE DE CONTEÚDO [EXIBIR]

Importar Arquivos XML no WordPress

Primeiramente para seguir este tutorial você vai precisar do arquivo .XML que você exportou do seu blog antigo. Se você ainda não tem esse arquivo em mãos basta ir no painel administrativo em Ferramentas > Exportar > Todo Conteúdo. Dependendo da quantidade de conteúdo que você tem em seu blog é possível que o exportador gere mais de um arquivo. Isso não afetará em nada o tutorial pois o procedimento será sempre o mesmo.

Aumentando Memória PHP

Antes de colocarmos a mão na massa no tutorial é importante notar que se você estiver em uma hospedagem compartilhada pode ser preciso aumentar o limite de memória PHP do seu servidor. Outro detalhe é que nem todas as empresas de hospedagem permitem essas alterações manuais, talvez você precise entrar em contato com o suporte e solicitar o aumento de memória. Existe diversas formas de aumentar a memória PHP, eu vou exibir três maneiras.

Tenha muito cuidado na hora de modificar esses arquivos, se você copiar uma virgula incorreta pode quebrar seu site e você ficará sem acesso até que você remova o código ou substitua com um arquivo de backup. Utilize FTP para modificar esses arquivos ou as ferramentas do painel cPanel se a sua hospedagem utilizar.

Escolha apenas UMA das alternativas abaixo:

Aumentando Memória via wp-config.php (recomendado)

O arquivo wp-config.php pode ser encontrado no diretório raiz do seu servidor junto com os arquivos do WordPress (wp-admin, wp-content e wp-includes). Você pode adicionar esse código em qualquer lugar do arquivo wp-config.php, mas eu recomendo que coloque após a linha de código define(‘WP_DEBUG’, false)..

Clique 2x para copiar
1
define('WP_MEMORY_LIMIT', '256M');

Aumentando Memória via php.ini

Se você tiver acesso ao arquivo php.ini em seu servidor você pode utilizar esse código para aumentar a memória PHP. Você pode encontrar este arquivo no diretório onde seu WordPress está instalado, mas pode ser necessário ativar a visualização de arquivos ocultos. Nem todas as empresas de hospedagem permitem acesso a este arquivo, talvez você queira entrar em contato com o suporte para tirar essa dúvida. Adicione o código em qualquer linha vazia do arquivo.

Clique 2x para copiar
1
memory_limit = 256M

Aumentando Memória via .htaccess

O arquivo .htaccess pode ser encontrado no diretório onde seu WordPress está instalado junto com os arquivos do WordPress (wp-admin, wp-content e wp-includes). Adicione o seguinte código no inicio do arquivo, antes de qualquer outra linha.

Clique 2x para copiar
1
php_value_memory_limit 256M

Preste atenção que eu defini o valor padrão de 256M em todos os métodos, caso seja necessário você pode subir ainda mais este valor. Mas lembre-se que você estará limitado aos padrões da sua hospedagem.

Agora que você já utilizou um entre os três métodos acima para aumentar a memória PHP do seu servidor, vamos dar inicio ao tutorial.

Ativando o Importador V1

É muito importante que você entenda porque eu coloquei uma versão no importador para seguir adiante com este tutorial. Nós vamos utilizar dois importadores para realizar o procedimento de importação do(s) nosso(s) arquivo(s).

O Importar V1 é o importador original do WordPress que é baixado quando você vai em Ferramentas > Importar e clica em Instalar Importador. Nós vamos utilizar o importador padrão (Importador V1) apenas para subir o(s) arquivo(s) .XML para nosso arquivo de mídia.

Com o importador instalado, clique em rodar importador.

Importando Arquivos XML

Agora faça o upload do arquivo seguindo a ordem:

Importando Arquivos XML para Midia

  1. Clique no botão Escolher Arquivo.
  2. Selecione o arquivo XML. Se houver mais de um, repita o procedimento.
  3. Clique no botão Fazer Upload de Arquivo e Importar.

Toda vez que você finalizar essa sequência ele vai te levar para a próxima página do importador, essa página não nos interessa e você não deve configurar nada aqui.

Siga para o seu arquivo de mídia em Mídia > Biblioteca e verifique se o arquivo XML está lá. Importe todos os arquivos XML que precisar e depois Desative e Remova o Importador do WordPress V1 em Plugins > Plugins Instalados.

Ativando o Importador V2

Agora vamos utilizar o plugin de importação do WordPress V2 que se encontra em desenvolvimento, mas já pode ser utilizado. Este plugin pode ser encontrado no Github para download e nós vamos disponibilizar o link direto aqui:

Baixar | Hospedagem

Faça o download do plugin, instale e ative em seu blog WordPress como qualquer outro plugin.

No seu painel administrativo vá em Ferramentas > Importar e clique em Rodar Importador:

Rodar Importador Versao 2

Agora que estamos na página de importação clique no botão inferior esquerdo que diz “Select it from the media library” para selecionar o arquivo .XML que nós importamos no procedimento anterior usando o importador V1. Assim que você selecionar o arquivo clique no botão “Import” no canto inferior direito da janela dos arquivos de mídia.

Importando Todo Conteúdo

Agora confirme seus dados, crie ou selecione um autor para os posts e importe os arquivos anexos, exatamente como na imagem:

Configuracao do Importador Versao 2

Depois de definir as configurações clique em start importing e aguarde o plugin terminar a importação do seu conteúdo. Quando ele finalizar a importação ele vai exibir uma mensagem no canto superior esquerdo “Importing Complete“.

Pronto, seu conteúdo foi importado com sucesso. Se você ainda tem mais arquivos para importar é só seguir o mesmo procedimento com cada arquivo e tudo será carregado corretamente em seu blog, independente da sequência.

Conclusão

É possível fazer a transferência de uma grande quantidade de conteúdo no WordPress com essa dica. Uma das ferramentas mais importantes do WordPress é o importador/exportador pois nos permite ser livres com o controle do nosso conteúdo.

Se você gostou desse artigo considere compartilhar nas redes sociais. Siga-nos nas redes sociais para acompanhar mais artigos como esse. Se de alguma forma este artigo lhe foi útil deixa seu comentário abaixo para podermos saber a sua opinião.

Anúncios